Dilemas da cultura e democracia no Brasil contemporâneo

Autores

  • Antonio Albino Canelas Rubim Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.21814/rlec.241

Palavras-chave:

Cultura, democracia, Brasil

Resumo

O agendamento da cultura e democracia caracterizam o mundo e o Brasil contemporâneo. A democracia domina o cenário atual por meio de um complexo conjunto de variantes, que se debatem entre complementariedades possíveis e contradições flagrantes. Na atual circunstância mundial, a democracia tem se afirmado enquanto valor (quase) universal, ainda que em versões e visões muitas vezes visivelmente contrastantes e conflitantes. Daí as ferozes disputas que acontecem em seu nome, envolvendo sua definição e sua delimitação. Na contemporaneidade, inúmeros conflitos perpassam sua onipresença e onipotência. Em resumo, sua hegemonia como valor reivindicado por (quase) todos, funciona fundada em um conceito-ônibus, no qual tudo parece caber. Todos conclamam e proclamam a democracia, mas, como anotado, estas manifestações vêm acompanhadas por intensas lutas por sua definição e delimitação. Assim, a democracia e seus conflitos adquirem uma centralidade na cena atual internacional e nacional. Com a cultura acontece algo similar, só que em intensidade bem mais branda, pois ela surge como um campo de disputa mais leve.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2017-12-28

Como Citar

Rubim, A. A. C. (2017). Dilemas da cultura e democracia no Brasil contemporâneo. Revista Lusófona De Estudos Culturais, 4(2), 53-. https://doi.org/10.21814/rlec.241

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)