Aceleração, desaceleração, tortura sônica e inércia: temporalidades de partidas de futebol

Pedro Silva Marra

Resumo


Este artigo explora as relações temporais da disputa futebolística, buscando evidenciar como o controle da passagem do tempo e das mudanças de andamento da partida – o que introduz transformações rítmicas a partir de eventos e lances do jogo – tanto por parte dos jogadores quanto da torcida por meio do som são fundamentais para a constituição do resultado esportivo. A pesquisa da qual parte o trabalho visa compreender como torcida e jogo constroem-se mutuamente no espetáculo futebolístico por meio da manipulação de sonoridades, compreendidas como mediações técnicas entre corpos diferentes. Aqui, quatro destas técnicas são delimitadas e exploradas: a aceleração, a desaceleração, a inércia e a tortura sônica. As observações partem de trabalho de campo realizado em partidas do Clube Atlético Mineiro, entre 2008 e 2015, nos Estádios Independência e Mineirão, em Belo Horizonte.

Palavras-chave


Aceleração; desaceleração; futebol; inércia; técnicas sônicas; tortura sônica

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.